Menu
Reserve seu ingresso para o Carnaval do Rio 2017
Imperatriz Leopoldinense Samba School

Imperatriz Leopoldinense Samba School

Flag of Imperatriz Leopoldinense Samba School

OUVIR SAMBA ENREDO 2017 - IMPERATRIZ LEOPOLDINENSE

Imperatriz Leopoldinense - Informações

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense, a Imperatriz Leopoldinense, tem participado do Grupo Especial durante o Carnaval do Rio desde 1990. Suas cores são verde, ouro e branco, com a coroa como símbolo. Esta Escola de Samba é uma forte concorrente e favorita regular no grupo especial, tendo ganho vários campeonatos na última década, incluindo três seguidos de 1999 a 2001. Conhecido por seu perfeccionismo, da Imperatriz Leopoldinense é sempre esperado que fique os top 5, tornando-se quase sempre uma presença no Desfile das Campeãs que acontece no sábado seguinte ao Carnaval do Rio.

Cores: Verde, Dourado e Branco
Rainha da Bateria: Cris Vianna
Presidente: Luiz Pacheco Drumond
Carnavalesco:  Cahê Rodrigues

Imperatriz Leopoldinense Sinopse – Carnaval 2017

História da Imperatriz Esta escola de samba foi fundada em 06 de março de 1959 em um bairro do Rio de Janeiro chamado Ramos. Foi nomeado em homenagem a Imperatriz do Brasil Maria Leopoldina. A Imperatriz começou a aparecer no carnaval em 1960. A escola começou no Grupo 3, mas foi transferida para o grupo 2 no ano seguinte, devido à sua forte primeira apresentação. Em 1965 a Imperatriz Leopoldinense subiu para o Grupo 1 e ficou circulando entre o Grupo 2 e Grupo 1 ao longo dos anos seguintes. Ela ficou no Grupo 1 em 1970 e ganhou o 1º lugar em 1980 e novamente em 1981. A Imperatriz subiu para o Grupo Especial em 1990, onde permanece até hoje. A escola ficou em 1º lugar no Grupo Especial em 1994 e novamente em 1995, 1999, 2000 e 2001.

Informações - Carnaval 2017

Group: Grupo Especial - Dia 1, 26 FEV
Theme – Enredo: "Xingu, o clamor que vem da floresta"
Parading Date and Time: 00:10 hs

Leia mais sobre Imperatriz Leopoldinense

Os Enredos


A maioria dos enredos da Imperatriz Leopoldinense foram centradas sobre a história e cultura do Brasil. Sua primeira vitória em 1980, olhou para as tradições da Bahia e em 1981 seu enredo que rendeu o campeonato contou a história do famoso compositor brasileiro Lamartine Babo. Em 1999 a Imperatriz Leopoldinense usou um tema histórico sobre a expedição holandesa comandada por Maurício de Nassau, que trouxe diversos artistas e cientistas que acabaram deixando marcas importantes em Recife e no Brasil, além de terem estudado a fauna e a flora brasileira e escreveram o livro Theatrum Rerum Naturalium Brasilie que mostrava desenhos da vida animal e vegetal brasileira. Em 2000, prestou homenagem aos portugueses que descobriram o Brasil e, finalmente, na história de 2001 a cana-de-açúcar brasileira foi retratado.


A Imperatriz Leopoldinense é conhecida por seus desfiles sofisticados e elegantes durante o Carnaval. Ela possui uma representação única de seu tema, bem como um forte talento para o drama.

Samba Enredo 2017

Samba Enredo 2017

Enredo: “XINGU, O CLAMOR QUE VEM DA FLORESTA”
Compositores: Moisés Santiago, Adriano Ganso, Jorge do Finge e Aldir Senna.

Brilhou…a coroa na luz do luar!
Nos troncos a eternidade…a reza e a magia do pajé!
Na aldeia com flautas e maracás
Kuarup é festa, louvor em rituais

Na floresta…harmonia, a vida a brotar
Sinfonia de cores e cantos no ar
O paraíso fez aqui o seu lugar
Jardim sagrado o Caraíba descobriu
Sangra o coração do meu Brasil
O belo monstro rouba as terras dos seus filhos
Devora as matas e seca os rios
Tanta riqueza que a cobiça destruiu

Sou o filho esquecido do mundo
Minha cor é vermelha de dor
O meu canto é bravo e forte
Mas é hino de paz e amor

Sou guerreiro imortal derradeiro
Deste chão o senhor verdadeiro
Semente eu sou a primeira
Da pura alma brasileira

Jamais se curvar, lutar e aprender
Escuta menino, Raoni ensinou
Liberdade é o nosso destino
Memória sagrada…razão de viver
“andar onde ninguém andou”
“chegar onde ninguém chegou”
Lembrar a coragem e o amor dos irmãos
E outros heróis guardiões
Aventuras de fé e paixão
O sonho de integrar uma nação

Karakaô…karakaô…o índio luta pela sua terra
Da Imperatriz vem o seu grito de guerra!

Salve o verde do Xingu a esperança
A semente do amanhã…herança
O clamor da natureza a nossa voz vai ecoar…preservar!


"