Menu
Reserve seu ingresso para o Carnaval do Rio 2017
Império da Tijuca Samba School

Império da Tijuca Samba School

Flag of Império da Tijuca Samba School

OUVIR SAMBA ENREDO 2017 - IMPÉRIO DA TIJUCA

Império da Tijuca - Informações

Grêmio Recreativo Escola de Samba Educativa Império da Tijuca (ou simplesmente Império da Tijuca) é uma escola de samba brasileira da cidade do Rio de Janeiro que traz, além do nome, o termo "educativa", porque a principal preocupação no momento de sua fundação, foi com a educação.

Cores: Verde e Branco
Rainha da Bateria: Laynara Teles
Presidente: Antônio Marcos Teles (Tê)
Carnavalesco:  Junior Pernambucano

Império da Tijuca Sinopse – Carnaval 2017

A escola, desde o início, efetivou experiências comunitárias no Morro da Formiga, no bairro da Tijuca, onde foi fundada em 1940. União das antigas escolas Recreio da Mocidade e Estrela da Tijuca, entre os seus fundadores estão Joaquim Augusto de Oliveira (Quincas), Agripino de Souza, Rodolfo Augusto de Oliveira, Celestina Pinto Rabaça, Fernando Matos, Jorge Domingos da Silva, João Escrevente, Mario Pereira, Manoel Queiroz, Aylton dos Santos, Emílio Marcatte, Manuel Pinto, entre outros.

Informações - Carnaval 2017

Group: Grupo de Acesso - Dia 1, 24 FEV
Theme – Enredo: "O ÚLTIMO DOS PROFETAS"
Parading Date and Time: 00:15 hs

Leia mais sobre Império da Tijuca

Entre os nomes mais famosos da escola, estão Sinval Silva (um dos compositores prediletos de Carmen Miranda) e Mário Pereira (Marinho da Muda), falecido em 1989.


Havia uma escola de alfabetização para crianças, a "Tropa José do Patrocínio" (grupo de escoteiros do morro), que atuou anos na comunidade. A Império da Tijuca foi a primeira escola de samba a usar o termo Império, razão pela qual tem uma coroa, símbolo da nobreza, em sua bandeira, bem como ramos de fumo e café que traduziam as riquezas do Brasil na época.

Samba Enredo 2017

Samba Enredo 2017

Enredo: "O ÚLTIMO DOS PROFETAS"

Raio de Luz Prenuncia a Vida
A noite encantada é tão bonita
Virá um anjo bom anunciar
Um nascimento na aldeia de Judá

Um emissário da Esperança
Um ser de luz
Profeta, de muita fé no coração
Sou teu seguidor nessa missão

Deixa florescer palavras
Renascer da dor
Salve meu santo
Tua mensagem é que me traz acalanto

Venho te homenagear, em verde branco (2 vezes)
Na Umbanda ele é o rei Xangô
Kaô Kabecilê
Vem ver no Ylê meu orixá dançando no Xirê
Levo no Balaio o Amalá
Na Pedreira eu vou ofertar

Yaô Xangô é Protetor (2 vezes)

Na festa junina segue a devoção;
Vem “Si Minino” pro forró e pro baião
A Sinfonia com zabumba e viola
Bançar quadrilha meu amor chegou a hora,
De pular fogueira, soltar balão é “Pra lá de Bão”
O céu fica todo iluminado
O “arraiá” tá animado
Viva São João

O meu Império é a Voz da Justiça
O Morro da Formiga canta em louvação
Então me batizei, em tuas mãos
Nas águas do Rio Jordão