Menu
Reserve seu ingresso para o Carnaval do Rio 2017
Imperio Serrano Samba School

Imperio Serrano Samba School

Flag of Imperio Serrano Samba School

OUVIR SAMBA ENREDO 2017 - IMPERIO SERRANO

Imperio Serrano - Informações

Grêmio Recreativo Escola de Samba Império Serrano é uma das mais tradicionais escolas de samba da cidade do Rio de Janeiro, que foi campeã do Grupo Especial por nove vezes (1948, 1949, 1950, 1951, 1955, 1956, 1960, 1965, 1972, 1982) do grupo de acesso 3 vezes (1998, 2000, 2008) e foi 10 vezes vice-campeã (1953, 1954, 1957, 1958, 1962, 1965, 1967, 1968, 1973 e 1984). Mesmo estando hoje no Grupo de acesso (Série A) a Império Serrano ainda tem uma das maiores torcidas do carnaval carioca.

Cores: Verde e Branco
Rainha da Bateria: Milena Nogueira
Presidente: Vera Lúcia
Carnavalesco:  Severo Luzardo

Imperio Serrano Sinopse – Carnaval 2017

Sua origem é a Serrinha, embora sua sede atualmente se localize na Avenida Ministro Edgar Romero, ao lado da Estação Mercadão de Madureira. A escola tem como padroeiro o santo São Jorge.

Informações - Carnaval 2017

Group: Grupo de Acesso - Dia 2, 25 FEV
Theme – Enredo: "Meu quintal é maior do que o mundo"
Parading Date and Time: 00:15 hs

Leia mais sobre Imperio Serrano

Nasceu a 23 de março de 1947, a partir de uma dissidência da antiga escola de samba Prazer da Serrinha. Sua Ala de Compositores é uma das mais respeitadas, tendo em sua história nomes como Silas de Oliveira, Mano Décio, Aniceto do Império, Molequinho, Dona Ivone Lara (A primeira mulher a compor um Samba Enredo, e hoje chamada de A Rainha do Samba), Beto sem Braço, Aluísio Machado, Arlindo Cruz, só para citar alguns dentre tantos.



Sua história é coroada por sambas considerados clássicos do samba enredo como Aquarela Brasileira (1964) e (2004), Exaltação a Tiradentes (1949), Os Cinco Bailes da História do Rio (1965), Heróis da Liberdade (1969), Bumbum paticumbum Prugurundum (1982), e de ser a primeira escola a implementar destaques.

Samba Enredo 2017

Samba Enredo 2017

Enredo: "SILAS CANTA SERRINHA"
Autores: Arlindo Cruz, Aloísio Machado, Arlindo Neto, Ze Gloria, Andinho Samara e Lucas Donato

Hoje num relicário vivo na memória
serrinha é um encanto a tua história
talvez a mais bela de uma favela
pois foi assim que meus avós contaram
no meio do mato
passava noite vinha dia...
O negro fez do morro moradia
pedindo ao rei banto proteção, saúde...
Como nos bons tempos de além mar
com água na cachoeira e ouvindo pássaros cantar

Quando o jongo me chamou eu louvei maria
e no toque do tambor tem magia
veio gente da estiva, da resistência também
todo mundo chegou no balanço do trem


Ôô tinha samba na rua
veio o bloco da lua
era carnaval!
Foi com prazer que eu desci a serrinha
numa noite dourada, num sonho real
estava nascendo o Império Serrano
reizinho do meu lugar...
Pro santo guerreiro abençoar...
Quando parti... De longe eu vi mudar
tudo se modernizar..
É a evolução...a brisa que afaga a juventude
com charme e negritude
mas a arte se eternizou
nos baluartes que mostraram o seu valor!

Meu centenário vou comemorar
esse é o povo que me consagrou
Imperiano volte ao seu lugar: vencedor!