Menu
Reserve seu ingresso para o Carnaval do Rio 2017
Mocidade Ind. de Padre Miguel Samba School

Mocidade Ind. de Padre Miguel Samba School

Flag of Mocidade Ind. de Padre Miguel Samba School

OUVIR SAMBA ENREDO 2017 - MOCIDADE IND. DE PADRE MIGUEL

Mocidade Ind. de Padre Miguel - Informações

Mocidade Independente de Padre Miguel

Fundado em 10 de novembro de 1955, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel tem suas origens em um time de futebol, o Independente Futebol Clube. Conta-se que as comemorações dos jogos do Independente Futebol Clube eram realizadas no Ponto Chic, no bairro de Padre Miguel. Seus jogadores, bons de bola e excelentes na percussão, reuniam-se em rodas de samba que acabavam se transformando em um verdadeiro bloco carnavalesco. E sob as bênçãos de uma estrela, encarnando as cores verde e branco do uniforme esportivo, nasceu a Escola de Samba Mocidade do Independente.

Cores: Verde e Branco
Rainha da Bateria: Cláudia Leite
Presidente: Wandyr Trindade (Vô Macumba)
Carnavalesco:  Alexandre Louzada e Edson Pereira

Mocidade Ind. de Padre Miguel Sinopse – Carnaval 2017

Sobre a Mocidade Independente de Padre Miguel

Com um apelido nada sutil “Maracanã do samba”, a Mocidade Independente de Padre Miguel inaugurou oficialmente sua nova quadra à beira da Avenida Brasil. Conquistada no dia 1 de setembro de 2012, a nova quadra da Mocidade é moderna e tem 33 mil metros quadrados, e capacidade para receber cerca de 12 mil pessoas. São quase 1.700 metros quadrados só de térreo, além de 28 camarotes no segundo andar, o maior deles com 32 metros quadrados e com capacidade para até 50 pessoas. Fora as duas mil vagas de estacionamento e das vagas exclusivas para convidados Vips (com acesso direto aos camarotes). Sendo assim, a Mocidade fica com o título de maior quadra entre todas as escolas de samba do Rio de Janeiro. Por esse motivo ganhou o apelido entre os torcedores de "Maracanã do Samba"..

Informações - Carnaval 2017

Group: Grupo Especial - Dia 2, 27 FEV
Theme – Enredo: ”As mil e uma noites de uma Mocidade pra lá de Marrakesh”
Parading Date and Time: 00:10 hs

Leia mais sobre Mocidade Ind. de Padre Miguel

Saiba mais sobre a Mocidade Independente de Padre Miguel


Em 1956 a nova agremiação desfilou apenas no bairro de Padre Miguel com o tema “Navio Negreiro”, inspirado no poema de Castro Alves. No ano seguinte, passou a integrar os desfiles oficiais, realizados na Praça Onze, desfilando o enredo “Baile das Rosas” e conquistando a quinta colocação. Prenunciando a grande trajetória que o futuro lhe reservava, já em 1958 conquistou o campeonato do segundo grupo e carimbou sua ascensão à elite do carnaval. Desde então, a Mocidade faz parte do seleto grupo de escolas de samba que nunca foram rebaixadas do Grupo Especial.


A estreia entre as grandes escolas, em 1959, deu o tom da ousadia que viria a ser uma de suas características mais marcantes. O samba-enredo em homenagem a Carlos Gomes, Olavo Bilac e Rui Barbosa trazia um trecho melódico inspirado diretamente na obra “O Guarani” (os famosos acordes que marcaram época no programa A Voz do Brasil).


Tamanha ousadia só poderia ser complementada pela criação, neste mesmo ano, da famosa “Paradinha” da bateria, cujas versões são muitas. A mais difundida aponta para um escorregão de mestre André que fez com que a bateria parasse de tocar. O mestre se levantou, apontou para o repique, que entrou no tempo, e os instrumentos voltaram a tocar. O povo foi ao delírio e Padre Miguel passou a ser a capital da escola que melhor tocava no carnaval. A eterna bateria nota 10!

Samba Enredo 2017

Samba Enredo 2017

Enredo: “Fui ao deserto roncar meu tambor
pra alah conhecer meu xangô
de repente a miragem aparece
na praça, um senhor, contando histórias de amor
eu fui pra lá de marrakesh
minha zona oeste comovida de paixão
és minha ”el jadida”, meu teatro de ilusão
tanto assim que o meu olhar
vê no mar de gibraltar
sereia, dama das areias de iemanjá
teu deserto, meu sertão
teu oásis, meu rincão… ”vadeia”
mistura alaúde com ganzá ter

Abre-te sésamo que o samba ordenou mil e uma noites de amor
põe aladin no agogô, tantan na mão de simbad
meu ouvido é de mercador

mil e uma noites de amor
é o saara de lá com o saara de cá
minha mocidade chegou…

a caravana de além mar retorna a nossa aldeia
oh meu brasil, abrace a humanidade
és a pátria mãe gentil da amizade ter

Brilha o cruzeiro do sul no oriente de alah
céu de sherazade
vem pro marrocos, meu bem
vem minha vila vintém
sonha mocidade"